segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Infância =)

Infância realmente é uma época memorável na vida de qualquer um, aquela ausência de preocupações, paixões efémeras e fortes que aparecem, primeiras amizades, descobertas, sensações mágicas que não te deixam passar em branco por essa época.
Uma pena que tantas crianças são privadas disso, da minha parte, quando tiver meus bacuris, farei de tudo para que eles tenham uma infância como a minha.
Perto do natal, com todas essas chuvas, esse climinha mais ameno, minhas lembranças chegam com tudo, a saudade bate e é fico nostálgica mesmo.
sou filha única porém integrante de uma família falante, grande e cheia de muito amor.
Cresci em um bairro no subúrbio de Belém, uma casa enorme, onde eu tinha meu filhote, minha casa de bonecas e meus carrinhos, uma Maria macho mesmo, vivia de joelho ralado, quebrando os vasos de mamãe, com uma imaginação tão fértil que chega a assustar.
Estudei ate a 8º série em escola adventista, brincando de fazer estrela, de banana podre, quebrando janelas por causa dos jogos de cemitério e voley, mostrando já e construindo muito do que eu viria a ser.
Os problemas pareciam enormes, sem resolução, os amores pareciam que seriam eternos e traziam tanto sofrimento, mas logo passavam, o futuro era algo muito distante para deter meus pensamentos, e o Hoje eram as brincadeiras, as descobertas, o primeiro Beijo, as primeiras paixões, os dons que surgiam, os amigos, ah saudade boa.
Pode parecer clichê, mas se eu pudesse voltar atrás não mudaria nada, tudo que vivi serviu para formar o que sou hoje.
Não fui uma criança que tinha todos os brinquedos das lojas, nem que tinha roupinhas de marca, ou que ia pra disney em todas as férias, mas o amor o carinho e a disciplina que estava em casa, o os pais maravilhosos que tenho e que me educaram da melhor maneira que podiam( e foi a melhor maneira) e os valores que levo para minha vida toda, isso não tem preço.
Banhos de chuva, risadas gostosas e despreocupadas, isso eu também levo, a eterna inocência e leveza, a vontade de aprender e a aceitação de que a vida é difícil sim, mas levar ela tão a sério, não ajuda em nada a aliviar as dores.

ps: Férias no horizonte já =))

Um comentário:

Descobrindo Blog disse...

banho de chuva é mara!